Gusttavo Lima emociona com texto sobre a mãe: “Grande vazio e tristeza”


Gusttavo Lima homenageou a mãe, que faleceu no ano passado
Neste domingo (08), em homenagem ao Dia das Mães, Gusttavo Lima postou no Instagram um texto homenageando a sua, que faleceu em dezembro de 2015 em decorrência de problemas cardíacos.

Na publicação, que já soma mais de 35 mil curtidas, o cantor sertanejo enaltece os ensinamentos que recebeu da mãe e lamenta por não tê-la mais ao seu lado.

“Um grande vazio, uma tristeza sem fim, na minha timeline vejo meus amigos, meus fãs postando foto com suas mães e me deparo com a seguinte conclusão, daria tudo para ter a minha mãe comigo hoje, mais uma vez… Mães não poderiam morrer, tinham que ser eternas”, disse o músico.

Nos comentários, vários fãs consolaram Lima. “Ela está te vendo lá do céu, querido. Deus conforte seu coração”, enviou uma internauta. “Só posso pedir para que Deus conforte seu coração e te abençoe sempre!”, disse outra.

Veja:
Share on Google Plus

About FUROS E FLAGRAS DOS FAMOSOS

Postar um comentário

Leticia Almeida entrega reviravolta chocante sobre paternidade de sua filha, Madalena

Leticia Almeida entrega reviravolta chocante sobre paternidade de sua filha, Madalena
Após o ex-namorado publicar carta revelando não ser pai biológico da criança, ela decidiu abrir o jogo

Thaila Ayala esclarece boatos sobre gravidez após publicar foto suspeita

Thaila Ayala esclarece boatos sobre gravidez após publicar foto suspeita
Atualmente, a morena está em um relacionamento sério com o ator Renato Góes

Bruna Marquezine aposta em maiô fio-dental e famosos surtam: ''Todo mundo desesperado já''

Bruna Marquezine aposta em maiô fio-dental e famosos surtam: ''Todo mundo desesperado já''
A musa tem curtido os dias na Grécia e deixou os fãs e amigos famosos de boca aberta

Deborah Secco se manifesta após cena de estupro em Segundo Sol: ''É difícil de assistir''

Deborah Secco se manifesta após cena de estupro em Segundo Sol: ''É difícil de assistir''
A atriz abriu o coração para falar sobre a dolorosa atuação